PrincesasAventura

Chapeuzinho Amarelo

Historinha Chapeuzinho Amarelo

Havia uma vez uma menina chamada Chapeuzinho Amarelo. Ela não era como as outras crianças. Enquanto elas corriam pelos campos e riam alto, Chapeuzinho preferia a segurança do seu pequeno quarto, onde se refugiava dos perigos que a vida poderia trazer.

Ela tinha medo de tudo. Medo de altura, medo de aranhas, medo do escuro. Seu maior medo, no entanto, era sentir medo. O medo paralisava-a, fazia seu coração bater tão rápido que ela sentia que poderia explodir a qualquer momento.

Um dia, a avó de Chapeuzinho Amarelo adoeceu e pediu que ela levasse uma cesta de remédios para ela. A avó morava além da floresta, um caminho que Chapeuzinho nunca tinha percorrido sozinha. Mas, com seu coração apertado de medo, ela decidiu enfrentar seu maior desafio.

Caminhando pela trilha, Chapeuzinho Amarelo ouviu um ruído estranho. Seus olhos se arregalaram e seu coração começou a acelerar. Ela olhou ao redor, o medo envolvendo-a como uma névoa densa. Foi quando ela viu um lobo, escondido atrás de algumas árvores.

O lobo olhou para ela e disse: “Por que está tão assustada, minha jovem?”

Chapeuzinho Amarelo engoliu em seco, seus olhos fixos no lobo. “Porque eu tenho medo”, ela respondeu com voz trêmula.

O lobo se aproximou devagar. “E se eu te dissesse que o medo pode ser seu aliado?”

Chapeuzinho Amarelo não entendia. O lobo se sentou ao lado dela e começou a contar histórias sobre como ele também já tivera medo, mas aprendeu a lidar com isso.

Ele falou sobre os sons assustadores da floresta que, na verdade, eram apenas pássaros cantando. Mostrou como as sombras podiam parecer ameaçadoras, mas eram apenas formas das árvores dançando ao vento.

Chapeuzinho Amarelo escutava atentamente, percebendo que o lobo não era tão assustador quanto ela imaginava. Ele era sábio e gentil.

Com a ajuda do lobo, Chapeuzinho Amarelo finalmente chegou à casa da avó. Ela entregou os remédios, sentindo-se mais corajosa do que nunca.

Ao voltar para casa, Chapeuzinho Amarelo percebeu que o medo ainda estava lá, mas agora ela tinha uma nova perspectiva. Ela sabia que o medo não precisava paralisá-la. Era possível enfrentá-lo e seguir em frente.

Os dias passaram, e Chapeuzinho Amarelo começou a explorar o mundo além de seu quarto. Ela subiu em árvores, conheceu novas pessoas e enfrentou desafios que antes pareciam impossíveis.

Ela sempre lembrava das palavras do lobo: “O medo pode ser seu aliado, se você aprender a enfrentá-lo.”

Com o tempo, Chapeuzinho Amarelo deixou de ser a garotinha que tinha medo de sentir medo. Ela se tornou a garota corajosa que, mesmo com medo, abraçava as aventuras da vida. E o lobo? Bem, ele se tornou um amigo, um guia que a ajudou a superar seus medos e a descobrir sua própria força interior.

4.2/5 - (292 votes)

7 Comentários

O Que Achou da Historinha?

Botão Voltar ao topo