Bíblica

Adão e Eva

Ler Historinha Bíblica Infantil Adão e Eva

Num lugar onde as cores brilham mais e os sons da natureza cantam em harmonia, existia um jardim esplêndido chamado Éden. Esse jardim era cuidado pelo Grande Jardineiro do Universo, um ser de bondade infinita, que decidira criar duas pessoas muito especiais: Adão e Eva.

Adão foi feito com o carinho das mãos do Grande Jardineiro, modelado do barro da terra, recebendo o sopro da vida diretamente em suas narinas. Eva, por sua vez, surgiu de uma forma única, criada a partir de uma das costelas de Adão enquanto ele dormia, para que desde sempre, um pedaço de Adão estivesse com Eva, e eles nunca se sentissem sozinhos.

O Grande Jardineiro os colocou no coração do Jardim do Éden, um lugar de beleza indescritível, onde a água era cristalina, as frutas tinham sabores nunca antes provados, e os animais viviam em paz, cada um com seu papel nesse mundo mágico. Adão e Eva tinham como missão cuidar desse paraíso, e em troca, eles podiam desfrutar de tudo, exceto de uma única coisa: o fruto da Árvore do Conhecimento do Bem e do Mal.

A vida no jardim era uma aventura diária. Adão e Eva conversavam com os animais, nadavam nos rios de águas claras e descobriam novas maravilhas a cada amanhecer. Mas a curiosidade é uma chama que arde forte, e a serpente, a mais astuta de todas as criaturas do jardim, sabia disso.

Um dia, sob o sol dourado do meio-dia, a serpente encontrou Eva e sussurrou palavras de dúvida: “Por que não podem comer do fruto proibido? Será que o Grande Jardineiro tem medo de que se tornem tão poderosos quanto Ele?” Eva, com o coração batendo de curiosidade e desejo, olhou para a árvore proibida. Os frutos brilhavam ao sol, tão convidativos…

Com a promessa da serpente de que se tornariam sábios e poderosos, Eva estendeu a mão, colheu um dos frutos e mordeu. A doçura invadiu seu ser, mas também uma sensação desconhecida: a culpa. Ela ofereceu o fruto a Adão, que, hesitante, também mordeu. Naquele momento, os olhos de ambos se abriram para uma nova realidade, mas não como eles esperavam. Eles se viram diferentes, vulneráveis, e pela primeira vez, sentiram vergonha.

Quando o Grande Jardineiro chamou por eles no frescor do entardecer, Adão e Eva se esconderam entre as árvores, temendo a reação à sua desobediência. Mas o Grande Jardineiro, em sua sabedoria infinita, já sabia o que havia acontecido. Com um coração pesado de tristeza, Ele explicou que, por terem quebrado a única regra, não poderiam mais permanecer no Éden. O mundo lá fora exigiria trabalho duro e enfrentariam muitas provações.

Antes de guiá-los para fora do jardim, o Grande Jardineiro, em um gesto de amor eterno, fez roupas de pele para Adão e Eva, para que não se sentissem expostos ou vulneráveis. Ele os abençoou, prometendo que, apesar dos desafios, nunca estariam sozinhos.

Assim, Adão e Eva partiram para o mundo além do Éden, carregando as lições aprendidas, prontos para começar uma nova aventura, cheia de esperança, trabalho e o amor que os unia. Eles sabiam que, apesar de não estarem mais no jardim, o amor do Grande Jardineiro os acompanharia sempre, guiando seus caminhos.

4.4/5 - (138 votes)
CONCORRA A 2 MIL REAIS!

Um Comentário

O Que Achou da Historinha?

Botão Voltar ao topo