Animais

A Galinha Dos Ovos de Ouro

Em uma pequena vila, escondida entre colinas verdejantes e campos dourados, residia um homem simples chamado João. Ele era conhecido por sua bondade e sua fazenda modesta, onde cultivava seus vegetais e cuidava de algumas galinhas e cabras.

A vida de João era tranquila, mas seu cotidiano mudou abruptamente num dia especial. Enquanto fazia suas tarefas matinais na fazenda, encontrou uma galinha diferente das outras. Esta galinha, de penas brilhantes, botou um ovo que não era comum – era feito de ouro puro e reluzia sob a luz do sol.

A descoberta deixou João pasmo. Ele mal podia acreditar na sorte que lhe sorriu naquele momento. A galinha continuou a pôr um ovo de ouro a cada dia, e logo a notícia se espalhou pela vila. A fama da galinha dos ovos de ouro se espalhou como fogo no campo seco.

Com cada ovo de ouro que a galinha botava, a vida de João mudava. Ele se tornava cada vez mais rico, comprando mais terras, construindo uma casa maior e ajudando os necessitados da vila. A princípio, ele estava grato pela riqueza inesperada, mas com o tempo, a ganância começou a crescer em seu coração.

João se viu querendo mais. Um ovo de ouro por dia não era suficiente para suas ambições. Ele começou a desejar mais ovos, a ponto de se tornar obcecado pela ideia de enriquecer rapidamente. A ideia de encontrar uma mina de ouro dentro da galinha começou a assombrar seus pensamentos.

Com o passar do tempo, a ganância dominou João. Ele acreditava que se abrisse a galinha, poderia encontrar uma fonte infinita de ouro dentro dela. Cegado por sua avareza, decidiu sacrificar a galinha em busca de riquezas instantâneas.

Num ato de desespero e impaciência, João abriu a galinha dos ovos de ouro, mas para sua completa consternação, não encontrou ouro algum dentro dela. Ao invés disso, viu apenas as entranhas de uma galinha comum. Horrorizado com sua própria ação, percebeu que perdera a verdadeira fonte de sua riqueza: os ovos de ouro.

A galinha, sua fonte de prosperidade constante, jazia inerte aos seus pés. A ganância o levou a perder algo muito valioso. Arrependido e atormentado pela culpa, João compreendeu a enormidade de seu erro. Ele havia sacrificado o que tinha de mais valioso por um desejo insaciável.

Desolado e amargurado consigo mesmo, João agora via o que havia perdido. Ele compreendeu a lição dolorosa que a vida lhe ensinara. A busca desenfreada por mais riquezas o privara da verdadeira riqueza que já possuía.

Com o tempo, João recuperou um pouco de sua paz interior. Ele reconstruiu sua vida na fazenda, agora com sabedoria e humildade. Aprendeu a valorizar o que já tinha, a ser grato pelo que a vida lhe oferecia e a não cobiçar mais do que necessitava.

A história da galinha dos ovos de ouro espalhou-se pela vila e além dela, tornando-se um conto sobre ganância e gratidão. João, agora mais sábio e humilde, passou seus dias cultivando suas terras e cuidando de seus animais, sempre lembrando-se da lição aprendida da maneira mais difícil.

A fábula da galinha dos ovos de ouro continuou a ser contada de geração em geração, ensinando às pessoas sobre a importância de valorizar o que se tem, a praticar a gratidão e a não deixar a ganância obscurecer a visão do que é verdadeiramente valioso na vida.

4.4/5 - (34 votes)

O Que Achou da Historinha?

Botão Voltar ao topo